[RESENHA] O Príncipe dos Canalhas – Os Scoundrels #1, de Loretta Chase

O_PRINCIPE_DOS_CANALHAS_1447000899417031SK1447000899B
Romance de Época|| O Príncipe dos Canalhas|| Loretta Chase|| Editora: Arqueiro|| Páginas: 288 – Favoritado ❤

Sinopse: Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent. Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu. Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho. Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

Olá, amores!

Bom, acho que em algum momento eu já devo ter confessado a vocês a minha paixão por romances de época. Se ainda não falei eis aqui a minha confissão: sou apaixonada por romances de época! ❤ Por esse motivo resolvi falar hoje do romance histórico O Príncipe dos Canalhas, de Loretta Chase. E que romance é esse? Eu não sei vocês, mas há aqueles romances em que guardo com muito carinho na minha memória e no meu coração e, com certeza, O Príncipe dos Canalhas será um deles.

20160121_193520

Sebastian Ballister – o conhecido marquês de Dain – ou simplesmente Lorde Belzebu como é conhecido, sabe que nunca foi amado, bem como, que as pessoas que vivem ao seu lado estão mais interessadas em sua conta bancária do que na amizade do marquês. Ao nascer foi desprezado pelo pai e aos 8 anos abandonado pela mãe, então teve que aprender a enfrentar os problemas que surgiam em seu caminho e aceitar que não seria amado por ninguém, muito menos por uma dama respeitável. No entanto quando ele conhece Jessica ele percebe seus desejos mais pueris retornarem com força total. Agora ele se vê em um dilema que consiste em negar esses desejos desconhecidos ou conhecê-los profundamente.

“- Se você fugir de mim – disse Dain, ferozmente –, eu irei caçá-la sem descanso. Vou segui-la até os confins da terra.”

Jessica Trent é uma mulher linda, impetuosa, perspicaz e muito liberal para a sua época. Quando jovem perdeu os pais em um acidente, dessa forma, coube a ela a tarefa de cuidar de seu irmão. Então quando um funcionário a comunica sobre as últimas aventuras de seu irmão na cidade de Paris, ela decide partir imediatamente para solucionar o problema. Ela chega à Paris acompanhada de sua avó com a certeza de que vai conseguir afastar seu irmão das garras de Dain. O que ela não esperava era sentir uma forte atração pelo Lorde Dain, Sem saber o que fazer com tal atração, ela decide que o melhor é dar uma chance a essa atração. Ela só não contava com a resistência do lorde.

“Jessica achava que compreendia o desejo: uma atração, uma corrente magnética que unia homem e mulher. Achava que sabia o que era luxúria: uma fome intensa, um anseio forte. Passara noites febris sonhando com ele e dias inquietos pensando nele. Chamara isso de atração animal, primitiva, louca.”

O que falar desse romance? Simplesmente apaixonada pela escrita de Loretta Chase, ela discorre a narrativa de uma forma muito gostosa. Tanto que “devorei” o livro em 2 dias. Além disso, fiquei completamente apaixonada pelas personagens, nosso lindo e durão Lorde Dain e nossa perspicaz e impetuosa Jessica. Amo quando as personagens têm personalidades fortes e, principalmente, quando temos uma personagem feminina corajosa, que foge completamente do lugar comum. Pois Jessica vai até o fim para conquistar aquilo que deseja, não é apenas uma mulher sonhadora e submissa como a maioria das personagens que estamos acostumadas a vivenciar nos romances atuais.

20160121_193236

“- No meu dicionário, romance não é um sentimento piegas e pegajoso – disse ela. – É algo picante, temperado com entusiasmo e uma boa dose de cinismo. – Ela estreitou os olhos. – Acho que daqui a algum tempo você se transformará num belo tempero picante, Dain. Com alguns ajustes, claro.”

Loretta Chase me conquistou profundamente com uma narrativa bem elaborada, ou seja, ela não perdeu tempo em desenvolver um enredo mamão com açúcar sabe? Aqueles romances que de tão doces enjoa! Em O Príncipe dos Canalhas a estória é desenvolvida de forma forte, combatente e incontrolável. E é isso que nos fascina! O que posso dizer é que vocês devem ficar preparados para um romance cheio de emoção, ousadia e momentos engraçados.

20160121_193431

“- Jess, a única coisa imperdoável que você pode fazer é me abandonar – disse ele. – Se mi lasci, mi uccido. Se me abandonar, eu me matarei.”

Então o que estão esperando para embarcar nesse enredo e se apaixonar?! ❤

Beijinhos!

Malu ❤

Anúncios

5 comentários sobre “[RESENHA] O Príncipe dos Canalhas – Os Scoundrels #1, de Loretta Chase

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s