[RESENHA] Um Beijo Inesquecível – Os Bridgertons #7, de Julia Quinn

Sou um pouco suspeita para falar sobre os livros de Julia Quinn, pois acho que já deixei bem claro a vocês o meu fascínio pelo trabalho dessa escritora. No entanto, o meu sentimento quando terminei a leitura de “Um Beijo Inesquecível” foi de descrença.

capa Um beijo inesquecivel_15mm.indd
Romance de Época|| Um Beijo Inesquecível|| Julia Quinn|| Editora: Arqueiro|| Páginas: 272|| Classificação: 4/5

Sinopse: Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga. Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele. Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro… e que não há nada de tão simples e de tão complicado quanto um beijo.

Hyacinth é uma jovem de humor mordaz e indomável. Filha caçula de Violet Bridgerton, ela já passou por numerosos bailes das temporadas da sociedade londrina, mas até o momento não recebeu nenhuma proposta de casamento que pudesse ser levada a sério, nem mesmo após o seu irmão aumentar o dote. Porém, isso não a deixava nem um pouco preocupada, pois só de imaginar em ter um casamento por conveniência com algum palermo que não entenderia seu senso de humor a tranquilizava sobre sua situação. Mas quando ela conhece o neto de Lady Danbury, a mulher com a língua mais ferina de Londres, o pensamento dela começa a mudar…

“- Não sei como você faz isso, Hyacinth… Apesar de ser irritante, sempre consegue ser encantadora.”

Gareth, é o herdeiro de um baronete e neto querido de Lady Danbury, mas desde muito pequeno conheceu o desprezo do seu pai e isso gerava muitas perguntas, como o porquê daquele homem odiá-lo tanto. Disposto a não pedir ajuda do homem que o odeia, ele vive com o mínimo para ser considerado alguém pertencente a alta sociedade. Mas ao menos ele tinha o apoio de sua avó, uma mulher de força extraordinária, o que ele não imaginava era que ao tender uma solicitação dela fosse ter a oportunidade de conhecer a jovem Hyacinth Bridgerton, uma mulher terrivelmente linda e encantadora…

“Gareth não conteve um sorriso. Jamais conhecera alguém como Hyacinth Bridgerton. Era vagamente divertida, vagamente irritante, mas não se podia deixar de admirar quanto era espirituosa.”

Toda vez que começo uma nova narrativa de Julia Quinn crio uma certa dose de expectativa, pois desde o primeiro romance comecei a acompanhar as histórias posteriores com avidez e puro êxtase. No entanto, essa concepção mudou em Um Beijo Inesquecível. Devo salientar a vocês que isso não significa que o livro é horrível, muito menos que eu o odiei, mas que para mim foi um tanto quanto decepcionante. Tal sentimento veio a tona quando eu não senti a empatia que esperava pela personagem principal. Hyacinth nos livros anteriores se mostrava uma jovem decidida e isso é demonstrado quando ela faz com que sua voz seja ouvida ao ajudar Gareth na tradução da sua avó italiana, porém senti falta de algo mais em sua personalidade.

“Os lábios dela assumiram uma expressão que ele jamais vira, de auto-depreciação. Não era o feitio de Hyacinth e, por isso, era completamente hipnotizante.”

Vejam bem, acho que talvez eu tenha sentido falta daquele humor mordaz, ou talvez apenas a aparição de algo novo na trama. Ou talvez tenha esperado tanto pelo livro de Hyacinth que acabei criando expectativas demais e o que eu li me deixou terrivelmente chateada. Devo afirma, ainda, que o mesmo ocorreu ao me deparar com a construção de Gareth, pois apesar do desprezo de seu pai, não foi um personagem que me cativou. Não foi apaixonante como Anthony. Não foi encantador como Benedict. Não foi amoroso como Michael. Ou seja, não me conquistou. Mas toda essa falta de sentimento de minha parte talvez tenha sido ocasionada pelo simples fato de que eu esperava mais… Ah, eu esperava muito mais!

“Mas, dessa vez, faria direito. Aquele seria o primeiro beijo dos dois.

E seria um beijo inesquecível.”

Desse modo, devo dizer a vocês, que apesar de ser a história de mais um Bridgerton, a narrativa não me arrebatou da forma que eu esperava. Finalizei a leitura com aquela sensação de que faltou alguma coisa. É claro que a narrativa apresenta algumas tramas interessantes, isso eu não posso deixar de mencionar. Mas a minha crítica aqui de fato fica em relação aos personagens principais desse romance, que por algum motivo me deixaram decepcionada. Agora me resta aguardar a história de Gregory e esperar que ela não me deixe com essa sensação de vazio.

Beijos,

Malu ❤

Anúncios

2 comentários sobre “[RESENHA] Um Beijo Inesquecível – Os Bridgertons #7, de Julia Quinn

  1. Oiii Malu!!!
    Adoro Hyacinth Bridgerton, pra mim ela é a melhor Bridgerton mulher! ❤
    Qdo fiz a leitura desse livro eu amei tantoo, é uma pensa que você tenha ficado com aquela sensação de algo faltando, ultimamente eu ando lendo muitos livros e tendo essa sensação!
    Mas de qualquer forma, eu gostei da história!!
    Beijinhosss!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s