[Hummm, Malu!] Carne moída gratinada

Olá, meus amores! Tudo bem?

Faz um tempinho que não posto nenhuma receita, né non? Mas é que às vezes esqueço de postar. Além disso, só posto aquelas receitas que ficaram gostosas. 🙂 E hoje trago para vocês essa maravilha de carne moída! ❤

WhatsApp Image 2017-05-05 at 22.13.07

Ingredientes:

500g de carne moída;

1 colher de molho de alho;

1 cebola picadinha

1/2 de cheiro-verde

Pimenta e cominho a gosto;

Sal a gosto;

3 colheres de sopa de azeite;

3 xícaras de molho branco;

3 colheres de sopa de azeitonas sem caroço picadas;

150g de mussarela em fatias;

Tomatinhos cereja e orégano para decorar.

Modo de preparo:

  1. Misture a carne com o alho, a cebola, o cheiro-verde, as azeitonas, o sal, a pimenta e cominho e o azeite;

  2. Em uma panela refogue durante 10 minutos;

  3. Forre o fundo de uma assadeira com a carne, em seguida adicione o molho branco;

  4. Por fim disponha a mussarela, os tomatinhos e o orégano e leve ao forno por aproximadamente 50 minutos.

Espero que vocês tenham gostado da receita?  Qualquer dúvida deixem os comentários de vocês aqui. 🙂

Beijos e até o próximo post!

Malu ❤

[RESENHA] A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, de Jennifer E. Smith

Sabe aquele livro fofo e gostoso de ler? “A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista” é este livro. A narrativa é contada em 24h em um pouco mais de 200 páginas.

download
Young Adult|| A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista|| Jennifer E. Smith|| Editora: Galera Record|| Páginas: 224|| Classificação: 4/5

Sinopse: Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Olá, amores! Tudo bem?

Desculpem o sumiço, mas estou em uma correria, que ó! Vamos a resenha?

Hadley tem um casamento para ir, tudo estaria bem senão fosse o casamento de seu pai e por esse motivo ela adoraria não ter que prestigiar este acontecimento. Porém sua mãe a força a comparecer para que ela não tenha arrependimentos mais tarde. Mas Hadley não consegue perdoar seu pai. Como ele foi capaz de abandoná-la? Como ele pode reconstruir uma vida sem ela, sem a sua mãe? Era difícil compreender! Era difícil encarar a dura realidade! Era difícil aceitar que a sua família estava desfeita! Era difícil perdoar o pai! Mas difícil ainda era ter que cruzar o oceano para assistir de perto a felicidade dele ao lado de uma completa estranha.

FelizPáscoa

Porém alguns percalços da vida fazem com que ela se atrase e perca o voo. Enquanto aguarda uma eternidade pelo próximo, Hadley acaba conhecendo Oliver, um garoto inglês que pega o mesmo voo que ela, que senta ao seu lado, mas com história completamente diferente da sua. E naquele voo eles compartilham sonhos, vivências, tristezas, esperanças. E é aí que acabam se apaixonando!

Continuar lendo